Cartilha inédita sobre Direito da Pessoa com Deficiência será lançada no dia 27.

Print Friendly

 Na busca por uma sociedade mais igualitária e justa, a Codiped (Comissão dos Idosos, das Pessoas com Deficiência e da Acessibilidade) da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), lançará no dia 27 deste mês, às 18h30, a Cartilha Direito da Pessoa com Deficiência, inédita após a instituição da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (LBI nº 13.146, de 2015).

Para o lançamento, a Comissão fará a Palestra ‘Novas Perspectivas de inclusão para a pessoa com surdocegueira’, com José Aparecido Costa e Gisele Freitas de Oliveira Veiber. As 50 primeiras pessoas a chegarem ganharão a Cartilha da Codiped.

O objetivo da cartilha é fazer com o leitor acorde para a importância da deficiência na sociedade, entenda a causa das pessoas com deficiência como um preceito fundamental na busca de uma sociedade mais igualitária.

De acordo com a Presidente da Codiped, Rita de Cássia Luz, a cartilha quer mostrar que todos devem ser tratados de forma igual, na medida de suas desigualdades. “Essa cartilha vem ao encontro dos anseios de muitas pessoas que não sabem para onde recorrer. Por isso, nós vimos a necessidade da divulgação de como é ser uma pessoa com deficiência. O projeto, que começou em janeiro, é o início de uma longa trajetória em busca do direito e da defesa das pessoas com deficiência”.

E complementa: “Queremos levantar essa bandeira, para que nós também possamos ser vistos como profissionais. Afinal, nós podemos executar as mesmas tarefas, porém, diante das dificuldades e barreiras que encontramos, desempenhamos um pouco mais lento”.

O Presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche, parabenizou a Comissão pela elaboração da cartilha, e destacou a importância da inclusão das pessoas com deficiência na sociedade. “É um grande avanço, que demonstra a sociedade o compromisso da Ordem dos Advogados do Brasil. Nós tivemos avanços nas legislações nos últimos anos, mas vemos que ainda precisamos trabalhar para a inclusão social das pessoas com deficiência”, pontuou.

A pedido do Presidente da OAB/MS, as cartilhas serão encaminhadas a todas as Seccionais do país após o lançamento.

 Fonte: OAB/MS

Compartihar