A jurisprudência no novo portal

0
172
Print Friendly, PDF & Email

 

Agilidade, clareza e facilidade são os termos que podem resumir a proposta do novo portal do Tribunal Superior do Trabalho ao proporcionar ao público o conteúdo relativo à sua Jurisprudência. Os tópicos para consulta, que antes, no sistema antigo, estavam dispostos em extensa lista, estão resumidos em apenas cinco itens, dispostos à esquerda na página principal: consulta unificada, consulta unificada (antiga), livro de jurisprudência, súmulas e repositórios autorizados. Essa condensação dos assuntos proporciona agilidade à pesquisa.

Todo o conteúdo disponível nessa área do portal é de responsabilidade da Coordenadoria de Jurisprudência (CJUR) e reúne basicamente as principais decisões decorrentes da uniformização de jurisprudência, reunidas em Súmulas, Orientações Jurisprudenciais e acórdãos que demonstram o entendimento do TST sobre as matérias trabalhistas.

Ao optar por fazer uma pesquisa unificada, por exemplo, os vários caminhos oferecidos sempre levam o usuário a um resultado abrangente. Do rodapé do texto encontrado ele pode rapidamente dirigir-se a outros campos, como o inteiro teor da decisão, ementa sem formatação, andamento do processo e inteiro teor para download. Também figuram, em destaque colorido, as palavras-chaves que conduziram ao resultado da pesquisa efetuada.

Outra facilidade disponível, não somente para esta aba do portal, mas para outras, é o menu de acesso rápido, no final da página, que permite migrar do local acessado para qualquer outro, seja para complementar a pesquisa,  seja para explorar assuntos diversos, como acompanhamento de notícias,  conhecer a estrutura administrativa do Tribunal, pesquisar endereços e telefones, legislação etc.

Recomenda-se explorar gradativamente o portal de jurisprudência para usufruir das facilidades e eventualmente detectar alguma dificuldade ou necessidade de esclarecimento. No caso, o usuário poderá recorrer aos dispositivos oferecidos na própria página (Ajuda – no topo, à direita) ou enviar sugestões ao setor responsável.

(Raimunda Mendes)