Advogada é nomeada desembargadora do TJ-RJ

0
72
Print Friendly, PDF & Email

 

A advogada Flávia Romano de Rezende foi nomeada nesta segunda-feira (21/11) desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro pelo quinto constitucional da advocacia. Flávia concorria com Carlos Eduardo Pontes Lopes Cardoso e Luiz Octávio Rocha Miranda Costa Neves, mais votados entre seis nomes levados pela seccional fluminense da Ordem dos Advogados do Brasil ao TJ em agosto. O governador do estado escolhe um dos três nomes escolhidos pela corte.

Flávia era diretora jurídica da Coca-Cola e foi professora de pós-graduação em Propriedade Industrial na Universidade Estadual do Rio de Janeiro e na PUC-RJ. É nora do advogado Condorcet Rezende, do escritório Ulhoa Canto, Rezende e Guerra Advogados, um dos mais tradicionais do Rio.

Foi a segunda tentativa dela ao cargo. Na primeira, no ano passado, concorreu para as vagas deixadas pelos desembargadores Galdino Siqueira e Francisco Assis Peçanha, que se aposentaram, e Ismênio Pereira de Castro, que morreu. Porém, desistiu ainda na fase de escolha da OAB. Voltou a concorrer em julho, para a vaga do desembargador aposentado Gilberto Pereira Rêgo. Nesta segunda, foi a menos votada pelos magistrados, com 92 votos, enquanto Carlos Eduardo Cardoso recebeu 102 e Luiz Octávio Neves, 99. Mas foi a favorita do governador Sérgio Cabral.

Carlos Eduardo Cardoso e Luiz Octávio Neves também já tinham disputado as vagas deixadas pelos desembargadores Ismênio Pereira de Castro, Galdino Siqueira Neto e Francisco de Assis Pessanha. Mas perderam os cargos para Patrícia Ribeiro Serra Vieira, Luciano Sabóia Rinaldi de Carvalho e Cláudio Tavares de Oliveira Junior, escolhidos pelo governador em abril.

Na mesma sessão desta segunda, o Pleno do TJ elegeu a desembargadora Letícia de Faria Sardas como membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral, com 120 votos, na vaga do desembargador Sérgio Lúcio de Oliveira e Cruz, que completou o primeiro biênio representando a corte no TRE.

O colegiado ainda escolheu os desembargadores Otávio Rodrigues, com 97 votos, e Ademir Pimentel, com 135, para integrarem o Órgão Especial, em virtude do término dos biênios dos desembargadores Sérgio Lúcio Cruz e José Carlos de Figueiredo. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-RJ.