Aprovada resolução que torna permanente a Comissão do Advogado Público

0
59
Print Friendly, PDF & Email

 

O Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), aprovou nesta sexta-feira (22) a resolução que torna permanente a Comissão do Advogado Público. O requerimento foi proposto pelo presidente da Comissão e membro da Comissão Nacional, Nilton Kiyoshi Kurashi. 


Segundo Niton, somente em Mato Grosso do Sul são mais de 400 profissionais ingressados na advocacia pública por meio de concurso, que passa a atuar em favor da união, dos estados e municípios. Nilton explica que a aprovação foi muito consciente e coerente, levando em consideração a relevância das causas defendidas pelo Advocacia Pública. “Esses profissionais trabalham na defesa do patrimônio público e consequentemente da sociedade, combatendo a corrupção seja na área municipal, estadual ou federal”, comemorou.


Para a advogada Samia Roges Jordy Barbieri, que foi a primeira presidente da Comissão do Advogado Público, a decisão é uma forma de demonstrar, concretamente, o reconhecimento desses profissionais que primam pela legalidade. “Esse advogado tem que ter esse respaldo da Ordem na resolução de muitas questões, principalmente porque o mesmo preza pelo patrimônio de toda sociedade”, acrescentou.


A Associação dos Promotores do Estado de Mato Grosso do Sul (APREMS) manifestou formalmente o apoio à proposição. Conforme ofício enviado para a Seccional pelo presidente, o procurador Fábio Jun Capucho, tornar permanente a comissão é uma providência que insere a OAB/MS na vanguarda da defesa das prerrogativas dos advogados públicos, ao lado das Seccionais de São Paulo e Rio Grande do Sul.