Balcão Virtual pode ser acessado pelo ClickJud

0
52
Print Friendly, PDF & Email
Atendendo a determinação da presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargadora Maria Helena Póvoas, de melhorar ainda mais os canais de acesso à informação no Judiciário, a Coordenadoria de Tecnologia da Informação (CTI) disponibiliza aos advogados (as) e partes, o link do Balcão Virtual no web app ClickJud. O ícone está na segunda página (15º serviço listado).
Segundo o coordenador da CTI do Tribunal, Said Karfan Neto, as duas ferramentas foram implantadas com o intuito de garantir maior transparência e comodidade aos usuários e usuárias dos serviços do Judiciário, em especial em tempos de pandemia, quando o atendimento presencial não é possível. “A busca por inovação e tecnologia que garantam celeridade e segurança da informação são constantes. Seguimos as orientações do Conselho Nacional de Justiça que envolve o Justiça 4.0, a fase atual dos tribunais de crescente oferta de atendimento virtual”, avalia.
O ClickJud é uma tecnologia PWA, que pode ser usado por qualquer dispositivo móvel sem a necessidade de instalação ou atualização por parte do usuário, pode ser acessada pelo endereço https://clickjudapp.tjmt.jus.br/home. A plataforma permite a consulta e distribuição de processos e mandados de todos os sistemas usados pelo Poder Judiciário e a proposta e abranger todos os serviços oferecidos ao público geral. “Essa tecnologia é democrática, pois até os aparelhos celulares mais simples conseguem acessar a plataforma, usados pela população mais carente”.
Já o Balcão Virtual foi criado pela atual gestão em fevereiro deste ano, em atenção ao esforço do CNJ para desburocratizar e tornar mais ágil o atendimento do Judiciário aos cidadãos e às cidadãs. A medida torna permanente o acesso remoto direto e imediato dos usuários (as) dos serviços da Justiça às secretarias das Varas em todo o país.
Em Mato Grosso, a Portaria 231/2021 normatiza o Balcão Virtual no Tribunal de Justiça. Dando prosseguimento a determinação da presidente Maria Helena Póvoas, de priorizar a instalação do Balcão Virtual em todas as unidades judiciárias do Estado, o corregedor-geral da Justiça, desembargador José Zuquim, editou Portaria n.5/2021-CGJ, que disciplina a política de atendimento virtual no âmbito do Primeiro Grau de Jurisdição.
Persistindo as restrições sanitárias, o Balcão Virtual irá se somar às demais forma de atendimento disponibilizadas pelos tribunais (telefone, e-mail, aplicativos de mensagens). E, após a pandemia, constituirá mais um canal de atendimento disponível a critério das partes. “Em todos os aspectos, a ferramenta simula o atendimento que seria prestado no balcão da serventia, sem a necessidade de deslocamento às sedes dos fóruns”, reforça Said Karfan Neto.
“Já estamos realizando treinamento dos servidores que darão início ao atendimento nas 12 unidades judiciárias que darão início a fase experimental da ferramenta nas Comarcas”, explica o coordenador da CTI.
Fonte TJMT