Caiado apoia emenda que renegocia dívidas com o Proálcool

0
94
Print Friendly, PDF & Email

 

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) pediu a seus pares que aprovem emenda apresentada por ele à Medida Provisória (MP) 678 para permitir a renegociação de dívidas de produtores inscritos no Proálcool, programa criada pelo governo na década de 70com o objetivo de estimular a produção do álcool combustível.

Caiado reconheceu que a emenda não tem relação com o tema original da MP, que trata do regime diferenciado de contratação para a construção de presídios. Explicou, nem razão de terem acreditado no governo e no Proálcool.

O problema, como explicou Ronaldo Caiado, é que, à época, quando o preço do petróleo melhorou, o governo aumentou as importações e as cooperativas ficaram com o álcool estocado e com grande prejuízo. Ele citou o caso de uma cooperativa de 300 famílias de Goiás cuja dívida reajustada chega hoje a R$ 60 milhões.

– Que possamos acolher esta emenda que foi incluída ao texto do projeto de conversão para dar a estas famílias a perspectiva de voltarem a ser agricultores. Ali não tem nenhum especulador. São pessoas que sempre produziram no país, mas que foram seduzidas, sim, a entrarem num programa e não tiveram, por parte do Banco do Brasil a assistência necessária e depois tiveram suas dívidas  reajustadas em valores estratosféricos – afirmou.

Agência Senado