CNJ – Infojuris moderniza banco de dados sobre jurisprudência

0
73
Print Friendly, PDF & Email

 

O sistema Infojuris, Informativo de Jurisprudência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), está entrando em nova fase, com a modernização do banco de dados e dos mecanismos de busca, que facilitará a vida dos usuários. A informação é do conselheiro Marcelo Neves, que preside a comissão encarregada da reformulação do sistema, explicando que havia muitas queixas de conselheiros e do público externo.


Foi criado um novo sistema de busca, semelhante ao existente no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O sistema anterior, no formato PDF, era muito limitado. Por meio da nova ferramenta, magistrados, advogados e até mesmo pesquisadores poderão acessar o sistema a partir da combinação de palavras-chave, datas de julgamento, número do processo, nome do relator e até mesmo do tribunal,obtendo resultados mais fidedignos e seguros.

A equipe que está alimentando o sistema, composta de três pessoas, já introduziu as decisões proferidas e atos normativos aprovados pelo CNJ até a 94ª sessão plenária (na semana passada foi realizada a 107ª). O trabalho de atualização deverá ser concluído até o mês de agosto.

Só estão disponíveis no sistema de busca as ementas (resumo da decisão) dos acórdãos, dos votos vencidos e votos vista. Em breve, também estará disponível o inteiro teor do acórdão e dos votos. Em relação aos atos normativos (resoluções, enunciados  e recomendações), os textos estão integralmente disponíveis.

 EC/MM

Agência CNJ de Notícias