Comissão debate estímulo a lançamento de ações de pequenas e médias empresas

0
89
Print Friendly, PDF & Email







A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio promove debate hoje sobre o Projeto de Lei 6558/13, que estimula o lançamento de ações em bolsa de valores por pequenas e médias empresas.

A proposta, do deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), cria o programa Brasil+Competitivo, que prevê incentivos fiscais para a abertura de capital dessas empresas e para as pessoas que comprarem suas ações.

O parlamentar disse que a proposta é “ousada e substantiva, com objetivo de proporcionar o acesso de milhares de empresas ao mercado de capitais”.

Segundo Leite, o debate é indispensável para o aperfeiçoamento técnico e amadurecimento político e institucional para viabilizar a aprovação. “O projeto é profundamente comprometido com o desenvolvimento da economia brasileira. Trata-se de implantar mecanismos para que os investidores apostem nas livres iniciativas produtivas que emanam da sociedade”, justificou o parlamentar.

Programa Brasil+Competitivo
A estruturação do programa tem a finalidade de fomentar o empreendedorismo, aumentar a competitividade empresarial e facilitar o acesso a capital privado de crescimento para empresas médias brasileiras.

De acordo com Otavio Leite, a implantação do programa poderá propiciar, em cinco anos, R$ 84 bilhões de investimento privado produtivo (crescem taxas de investimento e de poupança); 1,1 milhão de empregos formais; aumento da pauta de exportação (empresas médias); R$ 2,5 bilhões de ganho líquido do Imposto de Renda (IR); ganhos adicionais com tributos estaduais/municipais; crescimento sustentável do Produto Interno Bruto (PIB); entre outros benefícios.

Convidados
Foram convidados para a audiência:
-  o diretor de Programas da Secretaria Executiva do Ministério da Fazenda, Esteves Pedro Colnago Júnior;
– o diretor de Projetos da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Cassio Marques Rabello da Costa;
– o representante do Departamento Econômico do Banco Central do Brasil, Renato Baldini Júnior; 
– o procurador-chefe da Procuradoria Federal Especializada junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), José Eduardo Guimarães Barros.

A audiência será realizada às 11 horas, no Plenário 5.

Íntegra da proposta:

Da Redação – RL

Colaboração – Caroline Pompeu