Cursos de Direito de Dourados recebem Selo OAB

0
49
Print Friendly, PDF & Email

 

O presidente da OAB/MS, Leonardo Avelino Duarte, observou com prudência a divulgação do resultado do “Selo OAB”, feita pelo Conselho Federal da OAB nesta quarta-feira, 23/nov., durante a XXI Conferência Nacional dos Advogados. Apenas os cursos de Direito da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) —ambos sediados em Dourados— foram contemplados na publicação.

“É claro que gostaríamos que outras instituições figurassem no Selo OAB, mas temos que olhar o resultado como um desafio. Os problemas existem; temos que enfrentá-los e superá-los”, destacou o presidente da Seccional de Mato Grosso do Sul da OAB, que participou da solenidade de divulgação da publicação.

Leonardo Duarte detalhou que não se pode ignorar a crise que o ensino superior enfrenta e que há muitas demandas nas instituições, como professores, estrutura física, biblioteca, aulas práticas e a participação do aluno: “A responsabilidade é de todos. Não é hora de eleger culpados isoladamente e encerrar a questão. Muito pelo contrário; é o momento de diálogo e divisão de responsabilidades, inclusive do corpo discente, para que este quadro seja alterado”, complementou.

Ações

O presidente da OAB/MS já contatou os presidentes das Comissões de Ensino Jurídico, do Exame de Ordem e do Jovem Advogado, para que seja realizada reunião, na sede da entidade, em dezembro próximo, com reitores, diretores, professores e acadêmicos para que sejam identificados os pontos de estrangulamento e sensíveis de cada curso e um plano de ação: “Cada faculdade tem uma demanda: em uma falta professores, na outra não tem aulas práticas e, nesta seara de divisão de responsabilidades, queremos aproveitar e chamar os acadêmicos para o debate”, esclareceu.

Outra consideração que Leonardo Duarte frisou é que o momento não é de “achar culpados”, mas de “encontrar soluções”: “Desde o início da nossa gestão estamos debatendo com as instituições de ensino superior, professores e alunos. Sei da credibilidade do ‘Selo OAB’, mas pondero que ele é uma ‘transição’. A próxima publicação conterá outros cursos de Mato Grosso do Sul”.

Congratulações

Leonardo Duarte finalizou sua avaliação sobre o resultado do “Selo OAB” parabenizando a direção, professores e alunos dos cursos de direito da UFGD (Dourados) e da UEMS (Dourados): “A comunidade acadêmica dos dois cursos deve comemorar o resultado, que mostra que as instituições estão no caminho certo”.

Esta é a quarta vez, em dez anos, que o Conselho Federal da OAB divulga publicação com os cursos de Direito que recomenda. Os parâmetros utilizados para a elaboração do “Selo OAB” foram os últimos resultados do Enade e do Exame Nacional da OAB.