CVM moderniza regra de fundo de investimento.

0
89
Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Paula Ragazzi | Do Rio

 A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) vai modernizar as regras de funcionamento dos fundos de investimento. O plano é atualizar a Instrução 409, que regula os fundos e vigora há dez anos. Uma das mudanças em estudo é a simplificação das categorias de investimento, que serão reduzidas para três ou quatro: renda fixa, variável, multimercado e, possivelmente, aplicação no exterior.
Outra mudança é a elevação dos limites para investimento no mercado externo. A proposta diz que os fundos multimercado de varejo poderão aplicar até 40{7a3a68e1616b7aaba0d480ce0a8cac54774e7fddc429e25618f6fd9a5a093145} de seu patrimônio em ativos fora do país – hoje, o limite é 20{7a3a68e1616b7aaba0d480ce0a8cac54774e7fddc429e25618f6fd9a5a093145}. No caso dos fundos de ações, a ideia é elevar o limite de 10{7a3a68e1616b7aaba0d480ce0a8cac54774e7fddc429e25618f6fd9a5a093145} para 20{7a3a68e1616b7aaba0d480ce0a8cac54774e7fddc429e25618f6fd9a5a093145}. As normas também deverão trazer nova definição para “investidor qualificado” e alterações no cálculo da taxa de performance.

Leia mais em: