Dia a Dia Tributário: Frigoríficos de SP usarão crédito como garantia

0
50
Print Friendly, PDF & Email

 

Por Laura Ignacio | Valor


SÃO PAULO – Frigoríficos paulistas passam a poder apresentar créditos de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e serviços (ICMS) como garantia para tomar empréstimos junto à Agência de Fomento do Estado de São Paulo. A medida foi autorizada pelo Decreto estadual nº 58.465, publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira.


O benefício se limitará às  empresas que fazem o abate de aves em território paulista. Além disso, abrange apenas os créditos obtidos entre 1º de junho e 31 de dezembro deste ano.


Essas empresas costumam acumular crédito presumido — aquele que a empresa pode registar e usar independentemente dos seus custos — do imposto.


Segundo ofício do secretário da Fazenda, Andrea Calabi, a proposta tem por objetivo restaurar a competitividade do segmento econômico paulista, que vem enfrentando forte concorrência em razão de benefícios concedidos por outros Estados.


Caberá à Secretaria da Fazenda, mediante solicitação da Agência de Fomento do Estado de São Paulo transferir os créditos à agência, de acordo com as condições constantes do financiamento celebrado com os estabelecimentos envolvidos, caso o financiamento não seja regularmente liquidado.


Apesar de entrar hoje em vigor, ainda falta regulamentação da medida. “Na regra bancária, quanto mais líquida a garantia, menor os juros. Falta estabelecerem quais serão os juros nesse caso”, afirma o advogado Marcelo Jabour, diretor da Lex Legis Consultoria Tributária. O advogado afirma que as empresas já podem começar a apurar seus créditos de ICMS para se programar para o uso do benefício, provavelmente, no próximo ano.


Com informações da Lex Legis Consultoria Tributária