EJUD inicia curso de meios alternativos de solução de conflitos

0
63
Print Friendly, PDF & Email

 

Cumprindo a Política Judiciária Nacional de tratamento dos conflitos de interesse, estabelecida pela Resolução nº 125 do Conselho Nacional de Justiça, a Escola Judicial do Estado de Mato Grosso do Sul (EJUD), em parceria com o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos no Âmbito do Poder Judiciário Estadual, iniciou na noite desta quarta-feira (5), no Hotel Concord, a formação da primeira turma voluntária de mediadores e conciliadores do Estado de Mato Grosso do Sul.

O curso terá três módulos: o primeiro será “Introdução aos Meios Alternativos na Solução de Conflitos”, que está sendo ministrado por Nilton César Antunes da Costa, mestre em Direito e Economia pela Universidade Gama Filho, mestre em Direito pela PUC/SP, doutor em Direito pela PUC/SP, professor da UCDB e da UFMS, além professor em cursos de pós-graduação de diversas entidades.

Na abertura o Des. Romero Osme Dias Lopes, Coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais, enalteceu o gabarito de Nilton César: “Nilton é um dos mais capacitados para ministrar este curso. Iremos revolucionar os moldes da justiça que está posta, por intermédio da auto-composição promovida por aqueles que estão sendo formados hoje”, disse, destacando destacando que MS está qualificando o primeiro grupo de voluntários para desempenhar o trabalho proposto pela Resolução nº 125.

O grupo de voluntários é formado por advogados, psicólogos e servidores indicados pelos desembargadores das turmas cíveis do Tribunal de Justiça.