Emendas ao PPA beneficiam São José do Rio Preto.

0
64
Print Friendly, PDF & Email

João Paulo Rillo (PT) apresentou, no início desta semana, 46 emendas ao Plano Plurianual (PPA) 2016-2019, instrumento de planejamento do governo estadual onde constam as diretrizes, os objetivos e as metas para o período de quatro anos.

O Plano sugeria R$ 1,00 para o programa Promoção de Desenvolvimento do Ensino Superior. Rillo alterou o valor global para R$ 10 milhões para a instalação de salas de aula e laboratório na Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto) e alambrados, biotério, anfiteatro e ampliação do refeitório na Unesp de Rio Preto. “Um programa sem recursos, cujo objetivo é “aumentar” a qualidade do ensino das universidades estaduais, é um dos absurdos do governo Alckmin”, comenta Rillo, lembrando reivindicações dos estudantes da Unesp, como a ampliação do número de moradias estudantis e de bolsas de permanência, que deveriam ser supridas por este programa. 

As emendas de Rillo também ampliaram os valores para o Proac Editais. Outra iniciativa do deputado foi aumentar em R$ 6 milhões o valor global do programa Atendimento Integral e Descentralizado do SUS/SP para repasses de recursos ao Hospital de Base, Hospital Ielar e Santa Casa de Misericórdia de Rio Preto. O deputado ainda garantiu a proposta de construção de um hospital na região norte da cidade, além de duas escolas de ensino fundamental e médio na mesma região. 

A internacionalização do aeroporto, meta que chegou a constar no Plano Aeroviário do governo do estado, também foi sugerida por Rillo no PPA, entre outras obras de infraestrutura, como a duplicação da avenida Ernani Pires Domingues, entre o trevo 444, na rodovia Washington Luiz, e a avenida Fortunato Ernesto Vetorassso. 

[email protected]