Gado bovino e bubalino tem nova pauta fiscal (Notícias Secretaria da Fazenda do Estado de Goiás)

0
50
Print Friendly, PDF & Email

 

Já está em vigor a nova pauta de valores referenciais para cobrança de ICMS de produtos do grupo gado bovino e bubalino comercializado em Goiás. Levantamento realizado entre os dias 7 e 9 deste mês pela Coordenação de Pesquisa Mercadológica da Gerência de Informações Econômico-Fiscais (Gief) da Secretaria da Fazenda (Sefaz), apurou que o gado bovino para abate, de até 12 meses, passou de R$546,04 para R$582,02, a cabeça da fêmea e de R$711,96 para R$752,93 a cabeça do macho.

O gado bovino para abate, acima de 13 meses passou de R$1.134,98 para R$1.209,79, a cabeça do macho. A variação verificada no gado bovino é de 6,59{7a3a68e1616b7aaba0d480ce0a8cac54774e7fddc429e25618f6fd9a5a093145} para a fêmea e 5,75{7a3a68e1616b7aaba0d480ce0a8cac54774e7fddc429e25618f6fd9a5a093145} para o macho.

O gado bubalino para abate de até 12 meses passou de R$506,43 para R$544,08, a cabeça da fêmea e R$698,61 para R$744,65 a cabeça do macho. Enquanto isto o gado  bubalino para abate acima de 13 meses passou de R$961,85 para R$1.033,36 a cabeça da fêmea e do macho, de R$1.326,86 para R$1.414,31. A variação de preço verificada para o gado bubalino, para abate, foi de  7,43{7a3a68e1616b7aaba0d480ce0a8cac54774e7fddc429e25618f6fd9a5a093145}  para a fêmea e 6,59{7a3a68e1616b7aaba0d480ce0a8cac54774e7fddc429e25618f6fd9a5a093145} para o macho.