Greve dos bancários: OAB Nacional requer ao STF prorrogação de prazos

0
45
Print Friendly, PDF & Email





Brasília – Em razão da greve dos bancários, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) requereu nesta terça-feira (24) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prorrogação de prazo para pagamento das custas e despesas processuais, depósitos judiciais (recursais) para o primeiro dia útil subsequente ao retorno às atividades deles.


A greve começou na última quinta-feira (19) e tem adesão maciça da categoria profissional em todo país, que fechou inúmeras agências bancárias, vedou o acesso, inclusive, aos terminais eletrônicos de pronto atendimento.


O ofício explica que a atividade é indispensável aos jurisdicionados e à advocacia, em especial, para recolhimento de custas processuais, preparo e depósitos judiciais (recursais), providências da praxe forense que, sem acesso às agências, restam impossibilitadas de cumprimento.