JF5 CONCLUI RELATÓRIO DO PLANO DE LOGÍSTICA SUSTENTÁVEL 2020

0
32
Print Friendly, PDF & Email

A Justiça Federal da 5ª Região (JF5) concluiu o Relatório do Plano de Logística Sustentável (PLS), documento que apresenta o desempenho alcançado no ano de 2020, com base nas metas estabelecidas no PLS. Pela primeira vez, o trabalho foi realizado de forma colaborativa e integrada, envolvendo a Seção Socioambiental do Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5 e os responsáveis pela gestão socioambiental das Seções Judiciárias de Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. Os dados foram compilados em um painel do portal Business Intelligence (BI), ferramenta utilizada para sistematizar informações.

No TRF5, foram avaliados 15 temas, entre eles consumo de papel, de água envasada, de energia elétrica, e impressão de papel, cabendo destacar que alguns resultados têm relação direta com os impactos causados pela pandemia da Covid-19. No quesito consumo de resmas de papel, a meta era consumir, no máximo, 4.149 resmas. No entanto, o consumo total do TRF5 em 2020 foi de 802, sendo 3.347 a menos do que no ano de 2019.

Já no item consumo de copos descartáveis de 200ml, a meta estabelecida foi manter a constante diminuição da quantidade utilizada, considerando que os números vinham em queda desde 2016. O resultado também foi positivo: a Corte consumiu 500 unidades do produto (copos biodegradáveis adquiridos em 2019), quantidade inferior aos mais de cinco mil copos utilizados no ano anterior. Vale salientar que o TRF5 não realiza mais a compra de copos descartáveis plásticos para consumo de água e café. Em dezembro de 2019, a Corte adquiriu 40mil copos de papel (85ml) e 30 mil copos biodegradáveis de 180ml. Além disso, em 2020, foram adquiridas 500 canecas de porcelana que serão distribuídas entre os servidores.

Outro ponto de destaque do Relatório é o consumo de energia elétrica. Desde 2015, o TRF5 vem adotando medidas para reduzir os impactos ambientais decorrentes do consumo de energia, como substituição de lâmpadas halógenas por LED, adoção de energia limpa, com a instalação de usinas fotovoltaicas, entre outras. Assim, em 2020, o consumo total de energia foi de 2.635.204 KWh, número inferior aos 4.226.048 KWh registrados em 2019.

O Relatório também apresenta dados referentes à gestão de resíduos. Considerando o ciclo 2015-2020, foram coletados 80.108,91kg de papel; 1.738,39kg de plástico, 1.467,30kg de vidro, 4.015,07kg de metal e 3.869 lâmpadas. Todo o material arrecadado teve destinação ambientalmente adequada. O documento detalha, ainda, o inventário de bens adquiridos com critérios de sustentabilidade e os planos de ação para cada tema analisado, com informações sobre as medidas que foram adotadas para alcançar o cumprimento da meta.

Para a supervisora da Seção Socioambiental do TRF5, Laís Rodrigues, desafio e aprendizado são palavras que definem o trabalho de elaboração do documento. “O relatório de desempenho do PLS 2020 representa o fechamento do clico do planejamento estratégico 2015-2020 e a consolidação dos resultados obtidos durante esses anos com o PLS do Tribunal. Finalizar essa etapa foi um grande desafio e trouxe inúmeros aprendizados e conhecimentos que nos darão suporte para construir um PLS 2021-2026 ainda melhor e mais integrador: será o PLS Regional, que irá trazer, entre outros pontos, metas únicas para toda a Justiça Federal da 5ª Região”, avaliou.

Como o acesso ao BI ainda é restrito, os painéis que apresentam os dados gerais da JF5 ainda não estão disponíveis para o público externo. Porém, o TRF5 e cada seccional extraiu da ferramenta seu próprio painel com os resultados obtidos, os quais serão divulgados nos respectivos portais. No site do TRF5, o relatório sobre o desempenho da Corte está disponível no item Portal da Transparência, na área TRF5 Sustentável.

Fonte TRF5