Justiça Eleitoral de SP sorteia urnas para auditoria

0
88
Print Friendly, PDF & Email

 

Amanhã, às 9 horas, acontece o sorteio das urnas eletrônicas que serão auditadas através da votação paralela. A votação paralela é uma simulação da votação para confirmar a confiabilidade da urna eletrônica. A audiência de sorteio ocorrerá no plenário do TRE, situado na rua Francisca Miquelina, 123 – 14º andar, e será conduzida pelo presidente da comissão de auditoria, juiz Francisco Carlos Inouye Shintate, com a presença de fiscais dos partidos políticos, representantes da OAB e demais interessados.

Na ocasião serão sorteadas quatro urnas eletrônicas do Estado, sendo uma da capital. Essas urnas, que seriam usadas na votação do domingo, serão substituídas em suas seções eleitorais por outras urnas também lacradas. Na sequência serão entregues cédulas em papel preenchidas pelos partidos políticos, representantes da OAB e alunos do colégio Santa Catarina de Sena e da Escola Estadual Rodrigues Alves, que servirão de base para a conferência. As urnas do interior do Estado que serão auditadas vêm para a capital de carro ou avião, dependendo da localização do município sorteado.

A votação paralela ocorre no domingo (3), no Salão Nobre da Câmara Municipal – Viaduto Jacareí, 100, sala 814. Servidores da Justiça Eleitoral digitarão os votos das cédulas nas quatro urnas. Os resultados das cédulas e das urnas eletrônicas devem coincidir, comprovando a segurança dos sistemas e programas da Justiça Eleitoral.

“Esse procedimento é de extrema importância para a confirmação da segurança da urna. Todos os documentos estarão à disposição dos partidos para verificação, inclusive, após as eleições. O fenômeno eleitoral de um Estado democrático como o nosso deve ser limpo, regular e confiável”, afirma o presidente do TRE-SP, des. Walter de Almeida Guilherme.

Todo o procedimento é acompanhado por uma empresa de auditoria externa, contratada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que vai garantir ainda mais transparência e reforçar a credibilidade do sistema eletrônico.

Confira aqui o passo a passo da votação paralela.

Fonte: Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo