OAB e PF detalham investigação que descobriu os fraudadores de exame

0
69
Print Friendly, PDF & Email

 

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, está reunido neste momento com o diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, para tratar da Operação Tormenta, desencadeada nesta quarta-feira pela PF com o objetivo de desarticular quadrilha que fraudou concursos em todo o País, entre eles o da segunda fase do terceiro Exame de Ordem de 2009 e para agentes da própria Policia Federal, entre outros. Pela Polícia Federal, também participam da reunião, no gabinete da Presidência da OAB, o diretor de Inteligência, Davi Salém, o corregedor-geral, Valdinho Jacinto Caetano, e o delegado presidente da investigação, Vitor Hugo Rodrigues Alves.

Pela OAB, também estão presentes o vice-presidente da entidade, Alberto de Paula Machado, o secretário-geral, Marcus Vinícius Furtado Coêlho, e o diretor-tesoureiro, Miguel Cançado. Nesta quarta-feira, 12 suspeitos já foram presos por participação no esquema fraudulento e 34 mandatos de busca e apreensão expedidos, segundo a PF.