Polícia prende supostos assassinos do ex-presidente de Subseção da OAB

0
59
Print Friendly, PDF & Email

 

A divisão de homicídios da Polícia Civil do Estado do Pará prendeu os supostos assassinos do advogado Wander José de Souza, ex-presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no município de Redenção (PA). Os fatos apurados até o momento dão conta de que a mandante do crime teria sido a companheira do advogado, que foi presa tentando fugir para a Espanha. Além dela, foram presos o intermediário do crime e um agente prisional. Wander foi assassinado na manhã do dia 22 de setembro, por volta das 6h30, na porta do hotel que administrava em Redenção.

O advogado saía de seu carro quando dois homens em uma moto atiraram nele. Advogado desde 1976, formado pela Faculdade Integrada do Triângulo Mineiro, Wander era inscrito na OAB de Minas Gerais desde 1977, ano em que mudou-se para Belém, quando fez sua inscrição suplementar na OAB-PA.  Foi o primeiro presidente e um dos fundadores da Subseção de Redenção.