Processo eletrônico já é realidade na Justiça Federal da 4ª Região

0
59
Print Friendly, PDF & Email

 

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre e jurisdição nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, concretizou uma das principais metas da gestão iniciada há um ano: a implantação do processo eletrônico.

Juntamente com o incentivo à modernização administrativa, à prática da conciliação como forma de dar celeridade à Justiça e ao cumprimento das 10 metas do Judiciário, a informatização processual era um dos maiores desafios a que se propôs o desembargador federal Vilson Darós quando assumiu.

No final de outubro do ano passado, o processo eletrônico começou a ser instalado no 1º grau e, desde fevereiro de 2010, está funcionando em todas as varas federais da 4ª Região. No tribunal, já são recebidos agravos e apelações dos processos que iniciaram em meio virtual.

A fase agora é de adaptação e aperfeiçoamento. O sistema, chamado de E-proc V2, é uma evolução do processo eletrônico utilizado desde 2003 nos JEFs, preparado para utilização na Justiça comum. Além de desenvolver todo esse projeto, a equipe de tecnologia da informação do TRF4 também colocou em funcionamento o SEI (Sistema Eletrônico de Informações), que serve para a parte administrativa e está dispensando o uso de papel dentro da corte.


Fonte: TRF4