PRODUTIVIDADE JUDICIAL Anuário estatístico do CNJ mostra melhora no desempenho do TJ-MG

0
262
Print Friendly, PDF & Email

O relatório “Justiça em Números”, produzido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), apresenta evolução nos indicadores de desempenho do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Tribunal de Justiça de Minas Gerais teve melhora no  desempenho em relatório
Reprodução

A corte melhorou sua capacidade de dar vazão a novos processos e reduzir o estoque de processos. Para o presidente do TJ-MG, desembargador Nelson Missias de Morais, a evolução reflete parcialmente o trabalho realizado no segundo semestre do ano passado.

Ao tomar posse em julho de 2018, Missias se empenhou em aplicar um modelo participativo de gestão, com envolvimento de todos os setores do tribunal.

Para o desembargador, o relatório do CNJ é importante para estimular a produtividade das cortes. “Ao tomarmos conhecimento dos dados relativos a outros tribunais, podemos avaliar nosso nível de avanço em determinados temas, podendo manter ou alterar as estratégias adotadas e, quando for o caso, buscar apoio naqueles tribunais que estejam mais avançados”, comenta.

Com informações da assessoria de imprensa do TJ-MG.

Fonte: Consultor Jurídico.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/airesadv/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 308