Reinaldo reativa Porto em Murtinho e dá incentivos para empresas que comercializarem pelo local

0
74
Print Friendly, PDF & Email

 

Campo Grande (MS) – Cumprindo agenda em Porto Murtinho na manhã desta terça-feira (20), o governador Reinaldo Azambuja participou, ao lado do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Jaime Verruck, do prefeito municipal, Heitor Miranda, e de parlamentares estaduais e federais, da reativação do Porto do município, que estava sendo subutilizado há mais de 10 anos.

Fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, a Agência Portuária e a Prefeitura de Porto Murtinho, o Porto está preparado para atender uma capacidade de escoamento de 500 mil toneladas de grãos/ano, que devem gerar, segundo o diretor da agência portuária, Michel Chaim, 80 empregos diretos e 800 indiretos. Para a sua reativação, o local recebeu investimentos de R$ 1 milhão para a manutenção da estrutura portuária realizados por parte do Governo de Mato Grosso do Sul.

Na sua reativação, foram transportados inicialmente 6 mil toneladas de açúcar a granel com destino à cidade de Paysandu, no Uruguai, e até o final de 2015 a expetativa é de escoar 40 mil toneladas, e em 2016 mais 300 mil toneladas ao ano. O açúcar escoado pelo Porto é da Usina Eldorado MS, e o destino da carga é a indústria Azul Carlito, com sede na cidade uruguaia, e no total, a carga transportada percorrerá uma distância de 2,2 mil km pelos rios Paraguai, Paraná e Uruguai até o seu destino final.

Para o governador Reinaldo Azambuja, essa ação de reativação do Porto na cidade de Porto Murtinho é considerada prioritária por parte do Governo, principalmente pelo local ser considerado estratégico para importação e exportação de cargas. “É importante relembrar os 10 anos de ociosidade desse Porto, onde perdeu o Governo, a prefeitura, o setor empresarial e o setor produtivo, e agora, nós vamos recuperar essas perdas”, destacou o governador.

Já o secretário Jaime Verruck afirmou que os setores de logística e transporte são prioridades do governador, e chamou a atenção para o fato de o Porto estar sendo subutilizado há mais de 10 anos. “Hoje, a reativação desse Porto é o primeiro passo para promover de fato o desenvolvimento do Estado nas áreas de logística e transporte”, disse.

O prefeito de Porto Murtinho, Heitor Miranda, destacou a retomada do desenvolvimento do município. “Estamos fazendo com que a cidade retome sua vocação, que é a hidrovia”, disse o prefeito. O deputado federal Vander Loubet parabenizou o governador pela determinação política, e ressaltou que a reativação do Porto é muito importante para a cidade, e para todo o Estado.

O diretor da agência portuária, Michel Chaim, e o deputado estadual Paulo Corrêa afirmaram que Porto Murtinho será a maior porta de importação e exportação do Estado, e que a atividade portuária trará desenvolvimento para o município.

Decreto de Isenção de Tributos

Além da reativação do Porto, o governador Reinaldo Azambuja assinou o decreto que oferece benefícios fiscais para as empresas que importarem e exportarem pelo Porto do município. Inicialmente a isenção de ICMS para as empresas está sendo aplicada para o transporte de açúcar e muito em breve será estendido para milho e soja.

O governador destacou que esse decreto dá condições de competitividade para as empresas que importam e exportam por Porto Murtinho. “Esse mesmo benefício vai ser aplicado para o porto de Ladário, pois queremos os dois portos do Estado extremamente competitivos em relação aos demais portos brasileiros”, afirmou.

De acordo com o secretário Jaime Verruck, esse tipo de incentivo é importante para criar uma zona especial de exportação e importação no município. “Estamos criando uma zona especial de exportação e importação em Porto Murtinho, que será a primeira zona do Estado”, destacou.

Reinaldo Azambuja agradeceu o título de Cidadão Murtinhense, que ele recebeu das mãos do prefeito e de vereadores do município. “Pra mim é um orgulho muito grande ser cidadão dessa cidade”, finalizou o governador.

Participaram do evento o presidente da Fiems, Sérgio Longen,  da Famasul, Maurício Saito, Faems, Alfredo Zamlutti Júnior e o diretor- superintendente do Sebrae, Cláudio Mendonça, além do diretor-presidente da Fundação de Turismo do Estado, Nelson Cintra e do diretor-presidente da Fundação do Trabalho, Wilton Acosta.

Texto: Leandro Ferreira, da Subsecretaria de Comunicação, com informações do repórter Bruno Chaves, de Porto Murtinho.

http://www.noticias.ms.gov.br/reinaldo-reativa-porto-em-murtinho-e-da-incentivos-para-empresas-que-importarem-e-exportarem-pelo-local/