Representando Lamachia, Presidente da OAB/MS participa da Posse de 34 Novos Juízes Federai

Print Friendly

Representando o Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Claudio Lamachia, e a OAB/MS, Mansour Elias Karmouche participou nesta quarta-feira (11) da solenidade de Posse de 34 novos Juízes Federais Substitutos no Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), que abrange Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Mansour cumprimentou toda a corte federal na pessoa da Presidente do TRF3, Desembargadora Federal Cecília Marcondes, e agradeceu a oportunidade de representar a OAB. Em seu discurso, destacou os 40 anos de criação de Mato Grosso do Sul. “A criação só se tornou possível devido à luta daqueles que acreditavam no Estado […]. A luta foi árdua, repleta de idas e vindas, mobilizando corações e mentes, gerando debates intensos em nossa sociedade por várias gerações”.

O Presidente da Seccional Mato Grosso do Sul ainda correlacionou o aniversário do Estado com a posse dos novos juízes. “Da mesma forma que estamos lutando para construir um novo Estado, todos aqui estarão lutando para construir um novo judiciário – mais próximo das pessoas, mais célere, mais criativo e mais confiante no porvir”, frisou.

“Nosso papel crucial, na verdade, é cuidar de vidas humanas, resolver conflitos de interesses de pessoas reais, promover o encontro da sociedade com esse imenso castelo ‘enigmático’ chamando Justiça”. Tratando das relações entre cidadão, poderes, público e privado, usando as palavras do grande sociólogo Zygmunt Bauman, falecido recentemente, Mansour destacou que o grande paradoxo que vivemos é o de que muitas vezes “o aumento da liberdade individual coincide com o aumento da impotência coletiva”.

Em seu discurso, o Presidente da OAB/MS proferiu que o futuro está na “geração que chega hoje a magistratura com o desafio de repensar a tradição a partir de resignificações propostas pelo novo mundo que aí está”. Mansour finalizou citando poema do sul-mato-grossense Manoel de Barros:

“Que a palavra parede não seja símbolo de obstáculos à liberdade, nem de desejos reprimidos, nem de proibições na infância. Não. Parede que me seduz é de tijolo, adobe preposto ao abdômen de uma casa. Eu tenho um gosto rasteiro de ir por reentrâncias baixar em rachaduras de paredes por frinchas, por gretas – com lascívia de hera”.

Também participaram da posse dos novos juízes o Presidente do TRF da 2ª região, Desembargador Federal André Fontes, o Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá e a  Procuradora da República Maria Cristina.

Fonte: OABMS.

Compartihar