SC: Fazenda institui regime de substituição tributária para o mercado livre de energia

0
42
Print Friendly, PDF & Email





Medida entra em vigor no dia 1º de outubro e está prevista no convênio 77/2011 A partir do próximo dia 1º de outubro entra em vigor o regime de substituição tributária (ST) nas operações de energia elétrica realizadas no mercado livre. Após essa data, as notas fiscais emitidas pelas geradoras e comercializadoras deverão deixar de destacar o ICMS, que terá sua retenção e recolhimento a cargo das distribuidoras. A medida está prevista no convênio 77/2011. A ST para o mercado livre de energia deveria ter entrado em vigor em 1º de abril deste ano, mas foi postergada para 1º de outubro. “As operações que as comercializadoras e geradoras realizarem com destino a consumidores livres localizados em Santa Catarina, já estarão sob o novo regime a partir de outubro, mesmo que se refiram a fornecimentos realizados no mês anterior”, esclarece o auditor fiscal Celso Pazinato, coordenador do Grupo Especialista Setorial Energia (GESENE) da Secretaria de Estado da Fazenda.

Assessoria de Comunicação SEF Aline Cabral Vaz / Cléia Schmitz


Fonte: FAZENDA


Associação Paulista de Estudos Tributários