SFED – CE analisa projeto que permite dedução integral de gastos com educação no IR.

Print Friendly, PDF & Email

As despesas com educação poderão vir a ser deduzidas de forma integral no Imposto de Renda. Isso é o que estabelece um projeto (PLS 303/2017) em análise na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). Atualmente, o limite de dedução no Imposto de Renda é de R$ 3.561,00 por pessoa, o que corresponde a um gasto mensal de apenas R$ 296,75. Em debate na comissão, o senador Otto Alencar (PSD-BA) defendeu a ampliação do teto e lembra que o país tem cerca de 50 milhões de estudantes matriculados nas escolas de educação básica, da creche ao ensino médio, e dois em cada dez alunos frequentam escolas particulares. Já no ensino superior, a proporção é quase inversa. São 6 milhões de estudantes matriculados em faculdades particulares e quase dois milhões de alunos em universidades públicas. Ouça os detalhes no áudio do repórter da Rádio Senado, George Cardim.

Fonte: Síntese.

Compartihar