STF abre credenciamento para cobertura jornalística da posse dos novos presidente e vice-presidente da Corte

0
81
Print Friendly, PDF & Email

 

Os veículos de comunicação interessados em cobrir a cerimônia de posse do ministro Cezar Peluso na Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) e do ministro Carlos Ayres Britto, na Vice-Presidência, devem pedir credenciamento até terça-feira (20), de 9h às 18h, à Coordenadoria de Imprensa do Tribunal.
Haverá um sorteio de oito cadeiras para os jornalistas acompanharem a sessão de dentro do plenário. O sorteio será às 16 horas do dia 22 de abril, na sala do Comitê de Imprensa. As credenciais deverão ser retiradas apenas no dia 22 de abril, entre 9h e 18h, na sala da Coordenadoria de Imprensa.

As empresas de comunicação devem solicitar o credenciamento por escrito, em papel timbrado, com as seguintes informações: nome do veículo, nome do jornalista com número do documento de identidade por meio do fax (61) 3322 1431.

A solicitação deve ser apresentada na Coordenadoria de Imprensa do STF, para retirada das credenciais. Mais informações pelo telefone (61) 3217-4480. Credenciais emitidas por outros órgãos do Legislativo, Executivo ou Judiciário não serão aceitas no STF para a cobertura desta solenidade.

O STF distribuirá duas credenciais por veículo de comunicação impresso (uma para jornalista e outra para fotógrafo); uma por emissora de rádio; e três por empresa, para as TVs (uma para cinegrafista, uma para iluminador e uma para o jornalista escalado).

A credencial dará direito a acesso apenas ao Salão Branco, após a saída do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de acordo com normativos de segurança da Presidência da República. O Salão Branco está localizado no edifício-sede do Tribunal e é o local onde os novos presidente e vice-presidente do STF receberão os cumprimentos, após a solenidade.

Os repórteres-fotográficos também poderão ter acesso ao plenário para a cobertura da solenidade, desde que devidamente credenciados pela Coordenadoria de Imprensa do STF. As câmeras deverão ser posicionadas exclusivamente em tablado montado de frente para a bancada dos ministros, não sendo permitido qualquer deslocamento lateral por parte dos profissionais de fotografia.

Solenidade e transmissão ao vivo

A cerimônia de posse está marcada para começar às 16 horas de sexta-feira (23), com transmissão ao vivo pela TV Justiça (canal 53-UHF, em Brasília; canal 64, em São Paulo, SKY, canal 117) e pela Rádio Justiça (104.7 FM, em Brasília), inclusive pela Internet. Outra maneira de acompanhar a sessão é por meio do Portal de Notícias do STF, alimentado com matérias jornalísticas pela Assessoria de Imprensa da Corte.

As imagens da sessão de julgamento serão geradas exclusivamente pela TV Justiça. O sinal estará disponível para todas as emissoras interessadas no Centro de TV da Embratel, em tempo real.

O sinal de rádio será franqueado pela Rádio Justiça, por meio da frequência FM 104,7 MHz, no Distrito Federal, ou via satélite.

Trajes

De acordo com normas internas do Tribunal, a entrada no Plenário requer o uso de terno e gravata, para homens, com sapatos sociais (não é permitido sapatênis) e vestidos, tailleurs (saia abaixo do joelho e blazer), ou ternos (calça e blazer de manga comprida), para mulheres.

Essa vestimenta será exigida dos profissionais que venham fazer a cobertura jornalística do evento. É proibida a entrada de pessoas calçando tênis e sandálias rasteiras, assim como trajando qualquer tipo de roupa de tecido jeans, mesmo que seja terno.