TJCE – Juizado da Mulher firma parceria com entidades que ajudam familiares de dependentes químicos

0
72
Print Friendly, PDF & Email

 

O Juizado da Mulher da Comarca de Fortaleza firmou, neste mês de maio, parceria com as entidades Nar-Anon e Amor Exigente, que trabalham com familiares e amigos de dependentes de drogas.

O objetivo é sensibilizar sobre essa problemática, ajudando as famílias e amigos dos usuários de drogas a se recuperarem emocionalmente dos prejuízos causados.

“Acreditamos que o papel da Justiça não é somente punir, mas prevenir e contribuir para a redução dos males que assolam a sociedade”, alerta a titular do Juizado, juíza Rosa Mendonça.

Segundo a magistrada, além da elevada estatística dos casos de violência doméstica e familiar contra a mulher, a Justiça se depara ainda com a questão das drogas, presente na maioria dos processos em tramitação no Juizado, uma vez que os narcóticos estão em todas as classes sociais.

Rosa Mendonça afirma que o uso de drogas, muitas vezes, é o potencializador das agressões praticadas contra as mulheres, sendo urgente a implementação de políticas públicas eficazes direcionadas para a prevenção e o tratamento deste mal que está destruindo tantas famílias.

“Estas abordagens acerca das drogas são realizadas sistematicamente às quintas-feiras aqui no Juizado, buscando fortalecer psicologicamente as mulheres e suas famílias”, enfatiza.

Além do trabalho com o Nar-Anon e Amor Exigente, o Juizado da Mulher mantém, desde 2008, parceria com os Alcoólicos Anônimos (AA) e com o Ala-Non (grupo de amigos e familiares de alcoólicos). Essas duas entidades realizam, semanalmente, palestras informativas direcionadas às mulheres, homens e familiares com processos em tramitação na Justiça especializada.