TJMG aumenta multa para professores

0
70
Print Friendly, PDF & Email

 

O desembargador Alvim Soares acolheu hoje, 20 de maio, o pedido do Estado de Minas Gerais para aumentar a multa diária fixada ao Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-Ute) pela manutenção da greve que foi decretada ilegal.

A multa, anteriormente fixada pelo desembargador Wander Marotta, da 7ª Câmara Cível, em R$ 10 mil por dia passou para R$ 30 mil, limitada até R$ 900 mil.

O desembargador Alvim Soares ainda deferiu o pedido de bloqueio on line em contas correntes do Sind-Ute, dos valores da multa diária incidente no período de 07 a 19 de maio, no montante de R$ 130 mil.

Assessoria de Comunicação Institucional – Ascom