TJMS – Novo desembargador será empossado nesta quarta-feira

0
83
Print Friendly, PDF & Email

 

Com 28 anos de magistratura, o juiz Manoel Mendes Carli será empossado desembargador. A solenidade de posse será às 17 horas, no plenário do Tribunal Pleno, no Palácio da Justiça. Exercer as funções de desembargador não é novidade para Carli, já que compõe o Tribunal Pleno, durante vacância de cargo, nos termos do art. 118, §1º, inciso III, da LOMAN, desde junho de 2009.

Em julho deste ano, pelo critério de antiguidade, o juiz foi promovido para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e assume a vaga deixada pelo Des. Elpídio Helvécio Chaves Martins, que se aposentou. Manoel Carli era titular da Vara de Execução Fiscal Municipal de Campo Grande. 

Natural de Andradina, interior de São Paulo, ele é casado e tem dois filhos. Formado pela Faculdade de Direito Laudo de Camargo (UNIERP), na cidade de Ribeirão Preto, ingressou na magistratura sul-mato-grossense em 1982, judicando como juiz substituto da 8ª Circunscrição.

O novo desembargador viu a magistratura de Mato Grosso do Sul se formar. Quando foi empossado juiz, o discurso de boas-vindas foi proferido pelo Des. Leão Neto do Carmo e o Poder Judiciário era presidido pelo Des. Jesus de Oliveira Sobrinho – ambos da primeira administração do Tribunal de Justiça de MS.

Carli lembra que todo juiz quando ingressa na magistratura deseja chegar ao cargo de desembargador – ápice da carreira, no entanto, ele se confessa surpreso com tantos cumprimentos pela promoção. “Não esperava tantas felicitações e acho até que nem mereço tudo isso. Sei que existe o assédio normal da promoção e, digo isso em meu discurso, credito todo esse assédio mais em honra ao Tribunal que ao juiz que o integra”, comentou.

Sobre as expectativas diante do novo trabalho, ele confessa que pretende continuar exercendo a judicatura como sempre o fez: procurando fazer justiça e dar ao cidadão o direito que tem. “Recordo de quando ingressei na magistratura de 1ª instância e vendo hoje meu trabalho posso garantir que não mudei minha conduta e a intenção é continuar distribuindo justiça”, completou.

Autoridades e amigos já confirmaram a presença na cerimônia de posse. O Des. Divoncir Schreiner Maran recepcionará o novo componente do Tribunal Pleno e, além dele, devem discursar o empossando, o Procurador-Geral de Justiça e o presidente da OAB/MS.

Conheça – Manoel Mendes Carli ingressou na magistratura em 1982. Foi promovido, por merecimento, a juiz de direito em Mundo Novo. No ano de 1984, por merecimento, foi promovido para 2ª entrância e atuou na 1ª Vara da Comarca de Amambai.

Foi removido, em 1985, para a 1ª Vara Cível de Três Lagoas e, em 1990, por antiguidade, foi promovido para entrância especial, titularizando a 6ª Vara Criminal da Comarca de Campo Grande.

Em 2001, foi removido para o cargo de juiz de Direito da Vara de Execução Fiscal da Fazenda Pública Municipal de Campo Grande e, em setembro de 2009, convocado para exercer as atribuições de desembargador na 2ª Turma Criminal e Seção Criminal do TJMS e no Tribunal Pleno, durante a vacância do cargo. Como desembargador, Manoel Mendes Carli atuará nos mesmos colegiados.

Autoria do Texto: Departamento de Jornalismo