TJMS realiza 4º Seminário de Gestão Socioambiental nos dias 26 e 27

0
62
Print Friendly, PDF & Email

Nos dias 26 e 27 de outubro será realizado o 4º Seminário Sul-Mato-Grossense de Gestão Socioambiental do Poder Judiciário. O evento é uma realização do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do sul (TJMS), por meio do Núcleo Socioambiental e da Escola Judicial de MS (Ejud-MS). Este ano, em razão da pandemia, o seminário será transmitido pelo Youtube da Ejud-MS, das 14 horas às 17h30. As inscrições podem ser feitas pelo http://ejud.tjms.jus.br/live e haverá certificado de participação.

Reunindo palestrantes de renome e especialistas na pasta de gestão socioambiental, o seminário terá início às 14 horas do dia 26 (segunda-feira) com a “Apresentação TJMS Sustentável”, pelo Des. Alexandre Bastos, gestor do Gabinete sem Papel no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

A primeira palestra será ministrada pela Profª Drª Teresa Villac, com o tema “Licitações como indutoras da gestão pública socioambiental”. A palestrante é advogada da União, coordena a Câmara Nacional de Sustentabilidade na AGU; e é diretora de consumo sustentável do Instituto Direito por um Planeta Verde.

Na sequência, o promotor de justiça Luciano Furtado Loubet, mestre em Direito Ambiental e diretor do Núcleo Ambiental do MPMS, falará sobre o “Desmatamento e Queimadas no Pantanal, Mudanças Climáticas e atuação do Ministério Público”. O promotor é autor de livros e diversos artigos publicados em revistas especializadas em Direito Ambiental.

A terceira palestra será conduzida por Marcos Weiss Bliacheris, com o tema “Acessibilidade e Inclusão na Administração Pública”. Advogado da União, palestrante nas áreas de acessibilidade e inclusão, licitações sustentáveis e sustentabilidade. Coordenador do Grupo de Trabalho de Regulamentação da Lei Brasileira de Inclusão.

Encerrando as atividades do primeiro dia, Adriana Tostes, coordenadora de Gestão Socioambiental do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT), falará sobre “Resultados do monitoramento do PLS no período de trabalho remoto no TJDFT”. Especialista em gestão socioambiental na esfera pública federal, é palestrante sobre o tema Logística Sustentável.

O 4º Seminário Sul-Mato-Grossense de Gestão Socioambiental do Poder Judiciário segue no dia 27 de outubro (terça-feira), com a palestra “Caderno Orientador do PLS 2020”, ministrada por Ketlin Feitosa Scartezini, assessora-chefe de Gestão Socioambiental do Superior Tribunal de Justiça (STJ); com MBA em Gestão e Tecnologias Ambientais, possui artigos publicados na temática de responsabilidade socioambiental e controle de gastos.

Logo após, a juíza federal da 5ª Turma Recursal de São Paulo – TRF 3ª Região, Luciana Ortiz abordará a “Inovação, Inteligência e a Agenda 2030 do Poder Judiciário”. Atuando em gestão pública do Poder Judiciário, ela é cocriadora do Programa de Gestão e Inovação – iNovaJusp. Cocriadora do primeiro Laboratório de Inovação do Poder Judiciário – iJusplab e palestrante sobre Gestão e Inovação e Laboratório de Inovação em governo.

O fechamento do seminário será conduzido pela juíza Helena Alice Machado Coelho, com o tema “Poder Judiciário de MS: ações pela igualdade de gênero e empoderamento feminino”. A magistrada sul-mato-grossense é titular da 1ª Vara da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Campo Grande e coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJMS.

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação – [email protected]
Fonte TJMS